Páginas

23/08/2008

12 Notas do Jogo


Fluminense 1 x 1 Sport. Que jogo horroroso. Será que a "Era Cuca" no Fluminense vai ser assim, marcada por peladas de estragar a retina?

Me irrita ler o jornal no dia seguinte e perceber que o fulanilho que escreve as notas dos times ou não foi ao Maracanã ou é framenguista. Como framenguista não escreve, deduzo que o camarada tira as suas conclusões pela TV. Se o jornal do dia seguinte fosse honesto, as notas do Fluminese nesse jogo deveriam ser as seguintes:

  • Fernando Henrique - um espectador privilegiado, inclusive no lance do gol do Sport. Sai na bola, porra! Nota 1.
  • Anderson - não sabe dar um passe de meio metro e não passa a menor segurança como zagueiro. Nota 1.
  • Romeu - é um débil-mental. Entra técnico, sai técnico, e esse merda continua no time. Nota 0.
  • (Somália) - Pelo menos tenta acertar e motivar o time, mas é fraco. Nota 4.
  • Luiz Alberto - Sem o Thiago Silva, fica evidente como ele é limitado. Dá espaços demais e é lento na recuperação. Ainda assim, joga o triplo do Anderson. Nota 3.
  • Arouca - Tem futebol e sabe dar passes de 3 metros, o que nesse time significa ser quase um craque. Mas parece estar sempre fora de forma ou do ritmo do jogo. Nota 4.
  • Maurício - sua única vantagem é ser melhor do que o Romeu. Deve ser o penúltimo a ser escolhido na pelada. Nota 2.
  • (Tartá) - Outro que tem futebol, mas é mal orientado. Acha que é a encarnação do Garrincha. Solta a bola, caralho! Nota 3.
  • Conca - é quase um Puskas comparado com os imbecis do meio-de-campo tricolor. Se esforça, mas prende e perde demais a bola. Precisa urgentemente de alguém pra jogar com ele. Nota 5.
  • Junior Cesar - sua maior virtude - o ataque- foi assassinada pelo mirabolante esquema do Cuca. Falhou clamorosamente no gol do Sport. Nota 0.
  • Everton - Parece que entra cheirado em campo. Corre pra tudo quanto é lado, mas quando tem a bola no pé não sabe o que fazer com ela. Pelo menos se esforça. Nota 4.
  • Washington - Continua sua saga contra a bola - perdeu dois gols inacreditáveis. Mas, junto com o Conca, é um dos poucos que joga o jogo inteiro querendo ganhar. Foi premiado com o gol de pênalti. Nota 6.
  • Dodô - Vagabundo filadaputa. Perdeu um gol feito e ainda saiu dando chiliquinho. Porque ninguém manda essa merda embora? Nota 0.
  • (Carlinhos) - outro débil-mental; é lateral mas não sabe cruzar, correr nem marcar. Ta fazendo o que em campo? Nota 0.
  • Cuca - Burro. Ou isso ou nunca viu jogo nenhum do Fluminense. Montou o time todo torto, matou o Júnior César, escalou o imbecil do Romeu fora de posição (se ele na posição é um lixo, imagina fora) e, pra fechar com chave de ouro, colocou Carlinhos no segundo-tempo, como solução pra virar o jogo. Carlinhos!!! Pqp... Nota -1.

Da próxima vez eu vou ao Maracanã de chuteira, meião, short e camisa e vou usar a credencial da Abrace pra me infiltrar no vestiário. Porque se Carlinhos, Romeu, Maurício e companhia têm vaga nesse time, não é por nada não, mas dá pra buscar um espacinho ali no meio-de-campo. Já que o Cuca não conhece o time (só pode ser isso) ele vai achar que eu sou um desses craques.

Ta foda. Sofrer pra empatar com o Sport em casa é sinal de que as coisas vão mal. Minhas dicas pro Cuca ainda estão dentro do prazo de validade. Por enquanto.

Saudações Tricolores

Fábio Sá - Fluminense

22/08/2008

3 Ser vascaíno


O jogo era contra o Atlético Mineiro e já estávamos ganhando de 6 a 1. Mas quem ama um time não para de sofrer, nem se a goleada já for a mais humilhante!

video

Tentar explicar o amor por um clube é impossível, assim como está sendo impossível escrever um texto sobre os 110 anos do Vasco. São tantas coisas que deveriam ser escritas no blog que eu prefiro colocar o vídeo para tentar transmitir bem o que é amar o meu clube.

Eu tenho certeza que todos os outros torcedores que visitam (e escrevem) no Arquibar, amam tanto seus clubes como eu amo o meu. Difícil é explicar pra eles a sensação de ter ganho uma libertadores em vida, a sensação de ser o time da virada, de ter um estádio, de ter ídolos na história e ídolos recentes, de ser vascaíno!

Então, se você não torce pro Vasco, eu só lamento.
Se torce, parabéns pelo seu dia. E vamos continuar xingando o bandeirinha!

Gustavo Pessôa - Vasco

18/08/2008

1 Time da Virada


Chegou a hora da virada. Hora de sair dessa parte da tabela que não combina com o Vasco que conhecemos.

Não dá pra falar que a sorte mudou usando por base os dois últimos jogos, mesmo que tenham sido dois jogos fantásticos pra a gente, mas falta subir na tabela e avançar na sul-americana para dizer, com tranquilidade, que o Vasco não nos dará susto em 2008 (pelo menos isso!)

A torcida do urubu diz que a única coisa que nós vascaínos temos pra torcer é o insucesso deles. Mas se você, caro leitor do Arquibar, der uma olhada aqui no blog vai ver que os urubuzinhos daqui só falam da zona de rebaixamento, falam que tem dois times cariocas e bla bla bla.
Ou eles não acreditam no time deles (time que completa 16 anos sem um título do Brasileiro) ou querem tirar a atenção da gente com medo de secarmos (eles sabem que funciona).

O Vasco não vai cair. O Vasco é incaível.

Falando do jogo de hoje, jogo surpreendentemente fácil, cheguei em São Januário ainda com medo daquele Nilmar que nos visitou em 2007 e bagunçou São Januário num domingo chuvoso. Hoje no sol, nem Daniel Carvalho, nem D'Alessando ajudaram Nilmar. Só deu Edmundo. Mas não poderia ser diferente, afinal, quem era o goleiro do outro lado? Clemer!

Alegria alegria, Clemer no gol! O goleiro que mais me deu alegrias, depois de Carlos Germanos, a lenda.


Algumas notas dos últimos dias de São Januário:

- Tita chegou. Não é tecnico da grandeza do Vasco, mas na fase que estamos acho que ajudará o time no motivacional.

- Morais foi embora. No Vasco tem que ser assim mesmo, quer jogar, joga. Não quer, vai pra time da segunda divisão. (O Conca fez isso também no começo do ano.)

- Fernando chega para a zaga. Sério, eu não compraria esse cara nem no elifoot, acho ele muito fraco. Mas como nossa zaga é a pior do mundo, talvez ele ajude. Também nunca quis o Jean e o cara funcionou. Se o Fernando funcionar, já ta valendo.

Essa semana o Vasco completa 110 anos, será que teremos algum presente do presidente? Dúvido.

Gustavo Pessôa - Vasco

12/08/2008

8 Carta ao Cuca


Trocamos o técnico. Sai Renato Gaúcho, entra Cuca. Um nunca tinha sido técnico antes, mas tinha ímpeto vencedor e o grupo na mão. O outro é mais experiente, montou bons times no Góiás, no São Paulo e no Botafogo, mas nunca ganhou nada e é notoriamente chorão. Quem é melhor? Não sei. Sei que são absolutamente diferentes. O que o Renato é fanfarrão, o Cuca é cagão. O que o Renato é treinador de coletivo, o Cuca é mestre em jogadas e esquemas táticos. O que o Renato é churrasqueiro e amigo da galera, o Cuca é papai e prefere o conceito de "família".

Agora, vamos combinar que o problema do Fluminense não é o técnico. Não era o Renato, assim como a solução não vai ser o Cuca. Poderia trazer o Arsene Wenger ou ressucitar o Telê que não daria jeito. Porque enquanto tivermos um IMBECIL como o Fabinho no time, ou um HORROROSO como o Romeu no meio-campo, ou um zagueiro que nunca foi à escolinha como o Anderson, ou uma dupla de atacantes que não domina uma bola, ou dois laterais-direitos (dois!) como o Carlinhos e o Rafael que NUNCA na vida acertaram um cruzamento... enquanto olharmos para o time e vermos Fabinho, Romeu, Ygor, Davi, Carlinhos, Rafael, Anderson... não tem treinador que dê jeito.

Eu quero o bom time do Fluminense de volta. Perdemos 4 caras de uma hora pra outra, mas isso já era previsto. Enquanto os Thiagos não voltam (se é que voltam), precisamos dar um jeito no time. Por isso mando aqui um recado pro nosso amigo Alex Stival.

Caro Cuca, tendo chegado até aqui no post, quero te sugerir algumas coisas, pro seu, pro meu e pro nosso bem.

Conversa com o Branco e prepara uma lista de dispensa incluindo esses débeis-mentais da lista acima. E abre a lista com o filadaputa do Dodô, vagabundo de marca maior. Você já não gosta dele mesmo, que eu sei. Lembra do quebra-pau que vocês tiveram no grande fogão, que causou o episódio ridículo do saio-não saio? Então manda esse vagabundo logo embora.

Coloca o tal do Eduardo na vaga do Gabriel. Se não der certo, escala o do time de juniores. Carlinhos, Rafael, Maurício, PELOAMORDEDEUS, NÃO!

Escala um meio-de-campo com gente que saiba dar um passe de mais de 1 metro. NUNCA com Fabinho, Romeu e Ygor, que dirá com uma combinação desses três. Briga com o Branco até ele trazer uma opção pras meias, porque o coitado do Conca não aguenta mais. Que tal o Morais, quem sabe ele gosta da idéia de finalmente chamar o menguinho de freguês...

Dá um jeito, mas PELAMORDEDEUS, Somália e Washington juntos, NUNCA! Ta bom, nunca é exagero. Ta perdendo, faltando 10 minutos, vai pro tudo ou nada, beleza. Mas dois postes que faltaram a aula de "Dominar a Bola" na Escolinha é dose pra leão. Um deles com um atacante garçom, ta perfeito.

E, acima de tudo, muda a SUA atitude. Bota uma cara de vencedor, passa pro grupo a vontade de ganhar. Deixa de ser cagão! Não tenha medo de ir disputar um jogo decisivo, com medo de apanhar mais uma vez. Pelo menos finge pro time que você é um cara vencedor. O Renato nunca tinha ganhado nada como treinador (pudera...) e veio ser campeão aqui, conosco. Relaxa que aqui não tem chororô e nem damos mole pra imundície - aqui são eles que vêm nos pedir a bênção.

Resumindo: monta o time, faz teus esquemas táticos, manda meia dúzia embora e outra meia dúzia pra escolinha, e prepara o terreno pro médio prazo. Fazer o quê se o curto prazo é negro?...

Seja bem-vindo. Agora sai daqui e vai lá treinar o time porque o negócio ta feio.

Saudações Tricolores

Fábio Sá - Fluminense

10/08/2008

26 Chutes pro 2º turno


O Flamengo voltou a vencer. Mas Jailton ser o autor do gol da vitória já mostra que as coisas não voltaram ao normal. Kleber Leite deu mole achando que só tinha Felipe e Vagner Love no mercado e agora está tentando contratar qualquer um. Hoje, eu acho que o Flamengo vai brigar pela Libertadores. Mas eu acredito no título se o Kleber Leite trouxer 2 meias de ligação.

O botafogo vai ficar na parte de cima da tabela e vai pra sulamericana. O fluminense não vai cair, apesar de gostar de outras divisões. Já o vasco...

Que time horroroso esse do vasco, não me lembro de ver um time tão ruim entre os 4 grandes do Rio. No Brasileirão de hoje, só o Ipatinga é pior que o vasco. A defesa do vasco é uma piada, totalmente patética. Acho que o Dinamite vai ter que parar com essa idéia de sanar as dívidas do clube e começar a contratar. Com esse time aí, eu aposto com o Gustavo que o vasco cai.

Parece que o Leandro Amaral quebrou a perna. O vasco só tem 2 jogadores bons, Leandro Amaral e Morais. Um tá ruim da cabeça e não quer mais jogar. Se o outro não jogar também, aquele abraço.

Fernando Lima - Flamengo

07/08/2008

8 Bomba na Gávea! [2]

A bomba na Gávea foi ouvida lá no Uruguai.

Esperança para o magro ataque do urubu, Morales ouviu sua família e resolveu ficar no Nacional.

Kleber Leite tentou também trazer Nicolas do Nacional, o famoso gandula da Libertadores disse não ter medo dos torcedores e de bombas, mas sim do Toró.

Gustavo Pessôa - Vasco

05/08/2008

5 Bomba na Gávea!


Quando eu ouvi estourar a bomba, achei que fosse uma contratação inesperada. Não era. Já passou da hora do Flamengo se movimentar. Está muito fácil marcar o nosso time. Até eu já aprendi. Vamos lá.

Basta colocar um atacante pra jogar aberto na ponta esquerda, nas costas do Leo Moura. O Leo Moura fica preso marcando esse cara e o só o Juan avança. O Juan, que tá bem mas não é tão bom assim, fica sem opção e é marcado em cima. Pronto.

O time do Flamengo precisa de um armador bom, um cara que cause preocupação. Atualmente os adversários só se preocupam com os laterais do Flamengo, e os anulam com certa facilidade. Se tivéssemos um meia bom de bola, ele teria que ser marcado em cima também, e as opções apareceriam justamente pelas pontas.

Precisamos de um atacante também. Um não, mais de um. Mas antes de tudo, precisamos de um cara que coloque bola pros atacantes, já que hoje não temos ninguém. Deveríamos contratar dois, pois um que pode vir por aí adora um chinelo, e só com ele não teríamos substituto.

Enfim, isso é papo pro Kleber Leite. Eu sei que tem muita gente torcendo contra o Flamengo, como um amigo meu que me ligou no domingo e disse que não importava que o vasco dele tivesse tomado mais uma enfiada, que o importante era que o Cruzeiro tinha vencido o Flamengo. Mas eu sei que pelo menos uma alegria eu vou ter no final do campeonato. Quero ter duas, mas uma é certa: um carioca vai cair. E não vai ser o Flamengo.

SRN

Fernando Lima - Flamengo

01/08/2008

15 16º rodada

Fim da 16º rodada do chato campeonato brasileiro.

Eu ia escrever aqui ontem, mas achei melhor esperar o jogo do meu time. Depois da crise que meia dúzia de torcedores resolveram plantar na - em crise - colina, tudo poderia acontecer. Mas mesmo achando que uma goleada seria possível, não esperava tanto.

6 gols é muito. Não precisava, poderia economizar para fazer uns no São Paulo (se isso existisse). Pensando assim, já que não existe deveriam ter feito mais. E era o que o Edmundo queria. Assisti o jogo dentro de campo, atrás do gol onde o Vasco atacava, e via o Edmundo querendo jogo mesmo depois do sexto gol. Xingando, gritando, correndo, querendo jogo. Queria fazer gol. Pena ele não jogar todos os jogos, impossível o Vasco ir bem num campeonato onde o Cabeção do técnico não consegue repetir seguidamente a escalação.

Sobre a briga da torcida não falo nada, da mesma forma que não falo sobre Euricos e Dinamites. Não tenho opinião e esse extra-campo só começa a me interessar depois que o campo está muito interessante, o que não vem acontecendo tem tempo!

Impossível falar da 16º rodada sem falar dos meus rivais (hora da polêmica, gosto de ver comentários nos meus posts).
Flamengo... o time da beira da lagoa, que não lava o pé porque não quer, está voltando ao normal. Lembro que o Caio Jr fez uma projeção: "nos próximos 12 pontos, vamos ganhar 8". Senta Caio, senta. Ele achando que seria campeão na 12º rodada, e hoje com certeza deve estar sofrendo quando pensa que largou petro-dolares pra treinar o urubu. Minhas apostas sobre o suposto título nacional do Flamengo já estão na praça. E vou ganhar.

Fluminense... a torcida da flor eu tenho pena, pra falar a verdade, sempre tive pena. De fato nunca consegui entender porque alguém torce para o Fluminense, mas existem alguns. Como já comentei em algum post aqui do Arquibar, toda rodada a torcida do Fluminense fala: "dou 4 rodadas para o Flu passar o Vasco". Não passaram nas últimas duas, não tem como passar na próxima, e na seguinte também será complicado. Se fosse aposta, já teria ganhado! Será que estão namorando de novo com a segundona? É um dívida que eles ainda vão nos pagar.

Finalizando o post com o meu Vasco no assunto: Terminamos a rodada com o melhor ataque do campeonato (30 gols) e a 5º pior defesa (28). Alguém tem dúvida onde está o problema do time?

.:Voltarei para atualizar o post com vídeos que fiz duranto o jogo:.

Gustavo Pessôa - Vasco