Páginas

28/10/2008

17 A Lista


Quase nunca concordei com nenhuma lista de futebol já publicada - os 10 maiores jogos, os 10 jogadores mais importantes, os 10 gols mais bonitos - nenhuma lista tem critério e, principalmente, nenhuma lista de futebol tem razão!

Então a CNN (americanos) inventaram uma lista com os 10 maiores clássicos, que segundo eles são:

- Celtic x Rangers, Escócia
- Lazio e Roma, Itália
- Boca Juniors x River Plate, Argentina
- Al Ahly x Zamalek, Egito
- Galatasaray x Fenerbahce, Turquia
- Olympiakos x Panathinaikos, Grécia
- Red Star Belgrade x Partizan Belgrade, Sérvia
- Wydad x Raja Casablanca, Marrocos
- Corinthians x Palmeiras, Brasil
10º - Peñarol x Nacional, Uruguai

Destaque para o nono lugar: 9º - Corinthians x Palmeiras, Brasil

Esse simples jogo é, no máximo, o 4º (ou 5º) jogo mais importante no Brasil. Vasco e Flamengo é com certeza o jogo que faz o Brasil parar. Maracanã dividido, bandeiras na arquibancada, Roberto, Zico, Bebeto, Romário, Edmundo. Claro que vão aparecer alguns tricolores reclamando do Fla x Flu, mas todo mundo sabe que Fla x Flu é poesia, inventado por Nelson Rodrigues e legal em foto por ter muita cor! Só!

Pra não puxar muito pro lado do Rio, o Grenal é sem dúvidas um jogo com mais rivalidades que Corinthians x Palmeiras. Até olhando pro estado de São Paulo, o clássico Ponte Preta x Guarani tem mais rivalidade que o 9º jogo da CNN.

Minha lista (nível Brasil) é:

- Vasco x Flamengo
- Grêmio x Inter
- Ponte x Guarani
- Friburguense x Americano
- Corinthians x Palmeiras
- Fluminense x Volta Redonda
- Botafogo x América
- Remo x Paysandu
- Cruzeiro x Atlético
10º - Aqui pode escolher algum no nordeste [Menos Bahia x Vitória]

Alguém de São Paulo que leia o nosso blog, pode tentar explicar porque esse jogo foi considerado pelos americanos (povo que entende bastante de futebol) como o principal clássico do Brasil?

Gustavo Pessôa - Vasco

23/10/2008

11 Enfim, ela.


Enfim aquela menina voltou pra Colina, a mais linda de todas as meninas. A Vitória. Confesso que estava morrendo de saudades dela, já faziam dois meses que a gente não se encontrava. Muito tempo. Acho que nunca ficamos tanto tempo longe, tomara que ela não faça mais isso comigo, sumiu no dia do meu aniversário. Dia 21 de Agosto foi a última vez que a vimos e a encontramos perdida em Goias.

Fica com a gente só mais uns cinco jogos...

Alguém, não-vascaíno, viu o jogo? Foi sorte? Foi justiça...
Depois de perder pontos pro Sport em um jogo onde merecíamos ganhar por variáveis extra-campo como grandeza de time, eles são rubro-negros, somos o time da virada (e aquele jogo foi da virada) e por termos quatro títulos brasileiros e eles só um (sem * hein!). Por não vencer o urubu no último domingo onde ninguém ousou falar que a vitória do time do bem seria mais justa, o jogo contra o Goias foi só justiça.

Jogo que todo mundo colocou como derrota nas tabelas dinâmicas, nós vencemos, e vamos vencer mais. A Zaga hoje funcionou, mas só quero reforçar a reclamação do Edmundo sobre aquele lateral-esquerdo, tal de Valmir, é muito burro ruim... Como que alguém faz um penalti daquele na situação que estávamos? Fica na frente da bola, Samurai! Não precisa bicar a canela do rapaz!!!

Gustavo Pessôa - Vasco

20/10/2008

6 Vai cair!


Foi mais difícil do que eu imaginava. Os caras vieram com muita vontade, mas só vontade não basta pra time ruim. E uma defesa ruim como a do vasco não passa 90 minutos sem falhar. Nosso goleiro bate-roupa (???) parece ter lido o blog e mostrou pro Gustavo como se faz pra afundar mais ainda um time desesperado.

Nessa reta final de campeonato, o que vale são os 3 pontos. O jogo foi muito ruim e a expulsão do nosso capitão fez com que o Flamengo tivesse que se segurar lá atrás, porque a bola não ficava presa 1 minuto no nosso ataque. Mas estou satisfeito com a vitória. E também estou muito satisfeito com mais uma derrota do vasco. Era jogo de 6 pontos. Jogo pra gente melhorar na tabela e pra afundar ainda mais o vasco. Acho que nossos amigos portugueses vão assistir Rede TV mesmo ano que vem...

Bela atuação do juiz na Bahia. Mas como os tricolores não aparecem mais aqui, não vou me prolongar no assunto.

Fernando Lima - Flamengo

11/10/2008

7 Maracanazo


Estou longe do Rio. Estou em Porto Alegre, vou conhecer o Olímpico e o Beira Rio essa semana (depois falo aqui no blog como são os estádios), mas nada como secar o urubu na tv. Um dos meus esportes favoritos.

Contra a Galo ainda mais, tenho uma simpatia pelo alvi-negro mineiro e comemorei os três gols que balançaram as redes do cabeludo Bruno. Ouvi pessoas me falando que o bate-roupa do Framengo só cortará suas madeixas quando seu clube vier a ser campeão brasileiro. É sério isso? Não sei quem era o goleiro do Fra em 93, mas se fosse tão inteligente como o Bruno, teria uma bela cabeleira.

Só um recado pro povo da arquibancada: Já falei antes aqui no blog, mas aquela faixa "brasileiro é obrigação" era a entrega do título pra outro time e a bela declaração do Marcio Braga só joga o time da beira da lagoa para fora do G4.

O sonho acabou, pelo 16º ano seguido.

Gustavo Pessôa - Vasco

09/10/2008

6 Jogo da Virada? Era


O Sport está sendo o enredo dos meus sofrimentos esse ano.

Não vou comparar o sofrimento do jogo de ontem com do o outro jogo contra o mesmo Sport pela Copa do Brasil. Aquilo foram doses de sofrimento na veia... a vitória lá na Copa era possível, veio e depois foi embora junto com o penalti do Edmundo.

Ontem eu liguei a tv já pessimista, não acreditava numa vitória e o empate seria uma goleada. Mas o empate ficou com gosto de derrota. Não discuto justiça no futebol, se futebol fosse justo o Botafogo não existia, o Fluminense estaria na série B (no mínimo) e o Flamengo não teria a libertadores (é justo ganhar daquela forma do Galo?). O time jogou muito mal, sem vontade, dando bicos pra frente, mas era a única forma desse time sonhar em ganhar. Ganharíamos sem justiça, mas ganharíamos.

Mas o que mais fez o coração vascaíno doer ontem foi a sensação de que aquele era o jogo da virada. Ontem o Vasco poderia começar a finalizar meu sofrimento, mas não, não quiseram. Querem me ver sofrer. Até a última rodada vai ser assim...

A única coisa que da esperança é saber que estamos lutando para entrar no G-16 contra times pequenos, times que não vencem também, então ninguém vai disparar e deixar o Vasco na lama sozinho. Temos tudo pra sair da lama até a última rodada.

Agora, o time pequeno que não merece sair do porte de pequeno é o Fluminense, acharam que poderiam repetir o Vasco 10 anos depois ganhando uma libertadores de um time do Equador. Perderam. Eu nunca tinha visto tanto tricolor na minha vida, em junho descobri que o jornaleiro do lado da minha casa é tricolor, o garçon do bar que frequento é tricolor, várias pessoas aqui no escritório, mas agora eles sumiram... TODOS ELES!

Até os que eu nunca tive dúvida do seu amor pelas cores verde, branca e grená (cor de macho) sumiram. Acredito que jogaram a bandeira fora após a derrota para a LDU ou até, aproveitando o frio, só usam camisas de manga comprida para esconder as cores. Não sei se é medo de viver o buraco de novo ou se é comodismo por já conhecer e gostar. Cade os tricolores???

08/10/2008

6 O Capita


A Revista Placar desse mês tem na capa o nosso capitão Fabio Luciano. A reportagem sobre o capita é bem legal, recomendo aos flamenguistas. São poucos jogadores de hoje em dia que admiro. A maioria é ignorante, e não tem consciência do que representa para os torcedores.

Jogadores de futebol são como super-heróis. Você vê na televisão, vê de longe no estádio (dependendo do estádio, vê de perto, mas não pode falar nem tocar no cara). Por isso, para muitas pessoas, encontrar um jogador de futebol é uma coisa raríssima, falar com ele então, é um sonho. Infelizmente, a grande maioria dos jogadores não percebe isso, muito pelo fato de não ter muita instrução e/ou experiência.

Voltando ao assunto, e ficando apenas no meu time, só consigo citar 3 jogadores que sabem lidar com o torcedor e que de fato entendem o que eles representam: Fabio Luciano, Kleberson e Juan, nessa ordem. O Obina é legal com a torcida também, mas percebo que ele não faz aquilo com a consciência de que a pessoa está vivendo um sonho ao conseguir falar com ele, tirar uma foto e pedir um autógrafo. De vez em quando noto uma certa impaciência dele. Tem outros jogadores que também são simpáticos, mas percebo que eles não entendem muito bem o que representam pros torcedores.

Outro cara que era extremamente simpático e paciente com a torcida era o Renato Abreu. Tem muita gente que não gosta do futebol dele. Eu gostava e passei a gostar da pessoa também, pela forma como ele tratava os torcedores.

O Fabio Luciano é fora de série. O cara é inteligente, é um grande líder, e sabe tratar o torcedor com ele deve. Sabe das dificuldades que o torcedor passa e, por isso, trata com muita simpatia todo mundo. Além de tudo isso, joga muita bola. Uma pena ter chegado no Flamengo já perto de terminar a carreira. Mesmo assim, conquistou a torcida. Ele é um jogador que eu admiro muito, e tenho orgulho de ver jogando no meu time.

Ontem, pude acompanhar a visita do capitão ao Inca e depois almocei com ele. O cara é foda! Esse vai ficar marcado na história do Flamengo. Se ele ganhar o brasileiro desse ano, vira um dos grandes ídolos do Clube, mesmo tendo jogado pouco tempo aqui.

Aproveitei a oportunidade pra conversar alguns assuntos com ele. Situação dos cariocas, torcida do Flamengo, rivalidade, como é jogar um clássico, enfim... E ele falou uma coisa que eu gostaria de deixar aqui pros meus amigos vascaínos:

"Os caras perderam o respeito pelo vasco. Quando eu jogava no Corinthians, sabia que ia jogar em São Januário e que provavelmente ia perder. Jogar lá era muito difícil. Hoje em dia, todo mundo vai lá e ganha fácil."

Todo mundo sabe que São Januário sempre foi uma grande força pro vasco. Até no início desse campeonato o vasco teve alguns bons resultados lá. Foi só o pessoal perceber que o time do vasco era fraco mesmo jogando em São Januário, que agora qualquer time vai lá e ganha.

E hoje à noite, tem mais diversão.

Fernando Lima - Flamengo

06/10/2008

6 Tabela Dinâmica


Eu fiz a minha na quinta-feira. E nela o vasco escapava, ficando com a 16ª colocação. Só que veio o fim de semana e pronto. O vasco é humilhado pelo Figueirense. Tenho certeza que todos os vascaínos que fizeram sua tabela dinâmica também colocaram vitória contra o Figueirense.

Mais uma vez, eu falei. É só não entrar com medo de São Januário que qualquer um é capaz de ganhar do vasco. Sexta-feira o Figueira treinou na Gávea. Conversando com o assessor de imprensa deles, percebi que os caras estavam com medo desse jogo, pois, se perdessem, o vasco igualaria o número de pontos deles e a situação ia complicar. Foi mais simples do que eles imaginavam. Não vi o jogo, e nem preciso ver pra saber que o vasco é horroroso.

O Flamengo venceu bem. Tá certo que quis entregar o empate, mas o que vale agora é vencer, não importa como. Ao contrário do que o Gustavo pensa, não estamos nos escondendo, ficando quietos. Eu mesmo sou quem mais escreve nesse blog ultimamente. Normal, pois meu time está bem e o resto está mal. Como o Sá e o Vitinho escreviam bastante e agora nem botam mais a cara aqui. Os vascaínos e os tricolores sim, estão quietinhos, rezando pra todos os santos, pra poder vir aqui no final do campeonato e falar: "Meu time é incaível!"

Os tricolores sabem que a tabela deles é bem difícil, estão se apegando ao fato de ter um técnico novo pra motivar a galera. A tabela do vasco não era tão difícil até o final, mas os vascaínos contavam com uma vitória no sábado. Ela não veio e eles sabem que agora o negócio complicou de vez.

Professor Ney Franco já incorporou o cavalismo paraguaio do grande fogão.

Mais uma rodada bem divertida pra mim. Todo mundo Tristão e eu fazendo gracinha. (Foi boa essa, Gustavo?)

Fernando Lima - Flamengo

03/10/2008

2 Aula de Matemática


Matemática é o terror da galera no colégio, sempre tem aquela história das aulas de recuperação em matemática, depois na faculdade (fiz publicidade e marketing) o terror atendia pelo nome de finanças.

Hoje o terror se chama Tristão Garcia.

O cara sempre aparece nessa época do ano. Chega outubro o nome dele começa aparecer na tabela de classificação do lado de um * e depois o Globo Esporte vai fazer alguma matéria com ele. Tristão vai aparecer igual ao mestre dos magos e decretar os rebaixados e classificados e depois sumir até 2009.
Alguém sabe por onde anda Oswald de Souza? Ele sumiu... Gostava mais dele. Os cálculos dele eram mais otimistas "O Vasco está matematicamente classificado para a próxima fase". Esse Tristão nunca trouxe boas novas, e nem quando nossa chance de se classificar para libertadores eram boas, ele no ajudava. Flamenguista com certeza!

Fato é que o assunto que vai rodar no Arquibar até dezembro é rebaixamento, afinal tem 1 time e meio na degola e os flamenguistas, que estão indo bem(?), querem fazer de tudo para não virar o centro das atenções, vão tentar a tática do quietinho.

Eu, que tristão também (já matei a possível piada do João Paulo aqui mesmo), faço meus cálculos otimistas: Figueirense, Portuguesa, Fluminense e Ipatinga (não necessariamente nessa mesma ordem).

Gustavo Pessôa - Vasco

01/10/2008

6 Pensamento do dia


O fluminense não tem time pra cair pra Segundona, mas tem camisa

O vasco não tem camisa pra cair pra Segundona, mas tem time

Fernando Lima - Flamengo