Páginas

21/06/2010

7 Dunga Eterno



Agora está na moda criticar o Dunga à la Muricy. Técnico no Brasil tem que ser amigo do jornalista, falar bonito e sorrir em todas as coletivas. Podemos ter jogadores Bad Boy, mas não podemos ter técnico mal humorado. Ele que vive ali na tênue linha do fracasso, o primeiro culpado pela maioria dos erros, o torcedor depois do alambrado. Torcedor porque acho que na hora do jogo o que ele falar nenhum jogador vai captar, ele tem influencia por conta das substituições. Esse cara que deve viver no ápice do estresse, não pode estressar. Irônico. Tem que ser calmo, sereno e falar com todos como um santo.

O Dunga é um dos injustiçados jogadores de seleção. Imprensa não suporta Cabeça-de-área. E o nosso camisa 8 teve seu nome apelido negativado no início da década de 90, e quem batizou a "geração Dunga" não foi nenhum autor de novela, perfil influente de twitter ou cantor de lambada, foi a imprensa. O cara é chamado para a seleção faz um trabalho excelente em todo o período de preparação da Copa (que começa assim que acaba a anterior), ganha TUDO, atinge ótimos resultados e ainda é contestado. Na outra Copa o quinteto mágico falhou, Ronaldos e cia foram criticados (depois), nessa ele não coloca medalhões, forma uma equipe "família", com jogadores empenhados e com sede de vitória (como todos querem ver) e é criticado.

Tudo que ele fala, alguém faz piada. Alguém, sinceramente, espera que ele abrace a imprensa? Seja amigo de todo mundo. Você seria? Se respondeu sim, você é um vendido. Quer aparecer no Bem, Amigos é?

O Dunga fez tudo certo e continua fazendo. Se ele não for campeão é por obra do destino, futebol tem dessas coisas. Não era a hora. Mas ele não precisará olhar para o passado e procurar erros, porque se cometeu foi um erro comum aceitável. A imprensa vai inventar alguns pra ele: Cadê o Ronaldinho? Ele não teria espaço nesse time?

Jornalista quer audiência, quer fazer bagunça. Cliques e pageviews. A imprensa hoje é assim, vide o assunto da semana "Gilberto Silva fora" que foi tudo inventado do nada. Com certeza isso irrita a equipe e comissão, por isso serei sempre contra a imprensa, que quando não tem notícia, tenta tumultuar.

Os portões estão fechados, ninguém vê aquele carnaval de 2006, treinos de quem bate bola na trave, batucada na arquibancada e bla bla bla. Agora é coisa séria e burocrática, e se o Dunga é o testa de ferro da CBF para que essa metodologia seja implementada, ele é melhor. Sem as imagens, sem as notícias, a única forma de passar informação da seleção é criando caso. Viva a imprensa!

Gustavo Pessôa - Vasco e Brasil em 94 com a camisa 8

7 comentários:

Ronaldo disse...

Concordo com mtas coisas que vc falou, mas discordo de outras.

Farei um post melhor amanhã.

Gustavo Pessôa disse...

tbm concordo com 50% do seu comentário.

Renan Machado disse...

Sobre a relação Dunga-imprensa, gosto quando ele é irônico, debochado. É assim q tem q ser.

Estão falando que ele xingou o Alex Escobar na coletiva de ontem. Alguém sabe o q realmente foi falado?

Isso ele não deveria fazer.
Dunga, não bata de frente com a imprensa, trate-a com desprezo. Não tenho respeito por 90% da crônica esportiva brasileira. Eles são patéticos.

Ronaldo disse...

Renan escreveu exatamente o que penso.

A imprensa brasileira, conforme o Gustavo falou, é muito escrota. Ela tem dois péssimos hábitos, que são o já citado de "inventar notícias" e o de apontar culpados em caso de fracassos em anos de Copa. Para ela, o Brasil é o melhor do mundo sempre e, caso não transforme isso no título da Copa, certamente é pq houve um vilão ou um fato extraordinário.

Dunga sabe bem dessas duas coisas. Sentiu na pele ser o vilão por um fracasso e, agora, como vimos no caso do Gilberto Silva, sabe que toda hora notícias serão plantadas. Ele sabe também, que caso o Brasil não leve a Copa, ele tem tudo pra ser o vilão mais uma vez.

Concordo que o Dunga deva desprezar a imprensa. Porém, ele não faz isso, bate de frente, gerando antipatia e se perdendo muitas vezes. A situação chegou num ponto onde o Dunga rebate tudo, muitas vezes se colocando como acima do bem e do mal, sendo ele sempre o certo. Isso, somado a antipatia, faz com que, pelo menos para mim, ele seja muitas vezes um babaca, um cara que não sabe ganhar, nem perder. E, essa antipatia, não tem a ver com "marra" e/ou ser "bad boy" e sim com essa falta de espírito esportivo.

Dunga, embora muitos (provavelmente todos) discordem de mim, até agora não provou nada. Ser primeiro nas eliminatórias Sul-Americanas, ganhar Copa América e Copa das Confederações, pra mim não são parâmetros para nada (é como um time ir bem no estadual e na esvaziada Copa do Brasil). O Brasil de Dunga foi pouco testado, e, quando foi, os grandes adversários estavam vivendo péssimas fase (como Argentina nas eliminatórias e Itália na Copa das Confederações). Vale lembrar que ele tb não ganhou tudo, visto que perdeu as Olímpiadas.

Mas, para ele, esses títulos e suas convicções (não vou entrar no mérito delas), não devem ser questionadas jamais. Agora, se ele não ganhar a Copa, como lidar com isso? Não que ele tenha que fazer média, mas, essa antipatia, fará com que ele seja ainda mais odiado, o que não aconteceria se ele desprezasse a mesma.

Por fim, ele para mim cumpriu bem o que a CBF queria dele: ser um cara sério no comando da seleção. Criou-se o mito que a preparação para a Copa passada foi determinante para o fracasso do time. Óbvio que ela foi longe de ser ideal, porém, e "se o Brasil tivesse ganho?". Copa do Mundo é uma competição mata-mata de tiro curtíssimo, para mim, o que vale mais nesse estilo de competições é o poder de decisão dos jogadores. Vale citar o que vários jogadores que tiveram em 2002 e 2006 já falaram, que a seleção do Scolari tinha mto mais folgas e liberdade do que a do Parreira.

Ronaldo disse...

Como ficou muito grande, pra qm não quiser ler, vai aí um resumo:

Dunga nunca foi tratado bem pela imprensa, logo, não tem que dar mta atenção para ela. Porém, ao tratá-la mal ao invés de ignorá-la, ele acaba prejudicando sua própria imagem. E fazendo isso demonstrando arrogância e, sem mtas vezes estar com a razão, o transforma para mim, ele em algumas situações tão babaca qto a imprensa.

Renan Machado disse...

Dunga x Imprensa. Leiam esta notícia explicando os motivos da discussão.
O dunga não precisava xingar o Escobar, mas já pra mim já foi um atenuante.

http://copadomundo.uol.com.br/2010/ultimas-noticias/2010/06/22/globo-negociou-entrevistas-com-ricardo-teixeira-mas-dunga-vetou.jhtm

hens disse...

eu gostava do dunga como jogador também... até comprei a camisa 8 em 94...
mas na moral, não gosto dele como técnico... e nem é pq ele não sorri... acho quele tinha que chamar mais jogadores que jogam no brasil e tals...